[ editar artigo]

Leitura obrigatória para o concurseiro e profissional de Educação Física na preparação para o TAF.

É fundamental que, no lançamento do edital, o concurseiro reserve um tempo para sua leitura. E como ela deve ser? Com bastante calma, prestando atenção plena em todos os pontos, sem exceção. Ler e reler quantas vezes forem necessárias é obrigatório. E sempre que surgir uma dúvida, não precisa pensar duas vezes, uma nova leitura pode solucionar o problema.

Porém, se ela persistir, o concurseiro deve procurar a ajuda de um profissional. Um professor de Educação Física qualificado terá o conhecimento necessário para esclarecê-la. O treinador também deve ter acesso ao edital, somente desta forma será possível planejar uma preparação específica que atenda as necessidades e objetivos de cada aluno em particular.

Atenção especial desde a data, local e horário do TAF, até as regras específicas como:

  • Conjunto dos testes físicos;
  • Ordem sequencial de execução;
  • Modo correto de execução e erros que não são permitidos;
  • Marcas exigidas;
  • Quantidade de tentativas;
  • Intervalo entre as tentativas e entre os testes;
  • Critérios de aprovação.

Ter total domínio e conhecimento de tudo que é exigido, estando ciente de todas as regras, faz com que o concurseiro treine com muito mais confiança além de otimizar sua preparação.

TAGS

concursos

CORE 360 PRO
Rodrigo Peres Dias Frigato
Rodrigo Peres Dias Frigato Seguir

Bacharel em Treinamento e Esportes, UNICAMP. Professor e palestrante do CERS em Orientações Especiais para o TAF em Carreiras Policiais . Escritor. Autor da obra ,TAF - Teste de Aptidão Física para Carreiras Policiais. Dicas e Orientações especiais

Ler conteúdo completo
Indicados para você