[ editar artigo]

Idosos x Treinamento Funcional

Idosos x Treinamento Funcional

Fala galera! Passando para fazer um breve comentário sobre a importância do Treinamento Funcional para os idosos através uma visão prática.

É fato que na última década o olhar sobre o treinamento para os idosos vem mudando consideravelmente, uma vez que o estilo de vida e comportamento das pessoas da "melhor idade" também mudou da água para o vinho. Muitos passaram a buscar os centros de treinamento especializados e estes, por sua vez , passaram a ver com bons olhos a treinabilidade deste público.

Nota-se a mudança significativa da autoconfiança, humor e independência dos idosos que participam de algum programa de treinamento, que, uma vez ativos, diminuem ou ficam independentes do uso de alguns medicamentos consideravelmente.

Um programa completo de treinamento é muito eficaz para o aprendizado de muitas tarefas motoras como também para promover maior independência e segurança motora deste público. Aprender? Isso é possível?

Sim, possível e cientificamente comprovado que a plasticidade cerebral não tem tempo e nem idade!

Um programa de treinamento não está baseado somente em tarefas aeróbicas e treinos de "musculação", isso é muito simples, estamos tratando aqui de um programa completo de experiências motoras para este público como treinamento da força, resistência, potência, velocidade, agilidade (ritmo e coordenação), tempo de reação aos estímulos visuais, auditivos e táteis aliados aos treinos de mobilidade, estabilidade e eficiência metabólica. Tudo isso encontramos no Treinamento Funcional!

Várias patologias degenerativas que por motivos hormonais e/ou neurológicos deixam de evoluir quando treinamos nossos idosos de forma segura e inteligente, como é o caso da osteoporose e da sarcopenia e é fato que algumas alterações neurológicas também sofrem regressões quando falamos sobre estímulos neurais - treinamento de força, isso sem contar doenças cardiovasculares.

Um fator que influencia muito na treinabilidade de idosos é a vivência motora. Idosos que sempre tiveram uma vida ativa apresentam melhores respostas ao treinamento do que uma pessoa que teve um estilo de vida sedentário. Isso é provado quando um idoso de 85 anos apresenta maiores níveis de força e controle motor do que um idoso de 70 anos.

Venho trabalhado muito com este público e conquistando muitos resultados positivos utilizando minha "caixa de ferramentas" recheada do treinamento funcional, aliás se o treinamento não tiver função, não é treinamento!

Grande abraço a todos!

 

 

 

 

CORE 360 PRO
José Nelson R. de Castro
José Nelson R. de Castro Seguir

Personal Trainer - Academia RED LINE - Botucatu/SP Master Trainer Core 360º Pós graduado em Treinamento Desportivo Especialista em Treinamento Funcional

Ler conteúdo completo
Indicados para você